Pecuária
Compartilhar

Como reduzir o desperdício na fazenda produtora de leite?

13 passos para resolver problemas e reduzir o desperdício na fazenda produtora de leite

Como reduzir o desperdício na fazenda produtora de leite?

Como reduzir o desperdício na fazenda produtora de leite?

1. Identifique o que precisa ser melhorado através das sugestões dos empregados e das suas próprias observações. O item a ser melhorado deve estar relacionado ao dia a dia do empregado e não pode ser de solução muito complexa como, por exemplo, o de resolver problemas reprodutivos dos animais. Como sugestão, escolha problemas do tipo “desperdícios” (no quadro abaixo você poderá verificar uma lista de prováveis desperdícios). Escolha um problema que afete mais os empregados como, por exemplo, “pessoas muito ocupadas e outras pouco ocupadas na fazenda”.

TIPOS DE DESPERDÍCIOS OBSERVADOS NAS
FAZENDAS PRODUTORAS DE LEITE

– Gastar para treinar uma pessoa em coisas que ela não precisa;
– Fazer relatórios que ninguém nunca lê;
– Transportar coisas leves em tratores pesados;
– Dietas desbalanceadas (muita proteína);
– Perdas de alimentos (isto representa o 3º ou 4º maior custo na produção de leite);
– Excesso de empregados;
– Produzir mais silagem do que precisa para o ano;
– Ter mais novilhas do que o necessário para reposição das vacas;
– Transportar coisas (alimentos p.ex.) a distância muito longa;
– Sala de ordenha superdimensionada;
Tempo na sala de ordenha além do necessário (ineficiência na ordenha);
– Comprar mais alimentos ou outros produtos além do que o necessário;
– Alimentos estragados;
– Procurar por ferramentas ou produtos;
– Talentos colocados no lugar errado ;
– Baixa quantidade de proteína na dieta;
– Fornecimento de alimentos de baixa qualidade;
– Falta de alimentos;
– Máquinas em quantidade insuficiente para executar serviços;
– Tarefas pesadas para tratores leves;
– Número de empregados insuficiente;
– Pessoas experientes junto com inexperientes;
– Trabalho desproporcional ao longo do dia;
– Pessoas muito ocupadas e outras pouco ocupadas;
– Matérias primas de qualidade variável (alimentos).

2. Chame os envolvidos no problema (pode ser o operador, o supervisor, o gerente e o consultor). Lembre-se que você deve considerar todos os empregados como “donos” do negócio – você está entrando com capital, mas eles estão entrando com o tempo de vida deles e, portanto, merecem total respeito e admiração;

3. Faça uma reunião informal em local conhecido e normalmente utilizado pelas pessoas. Tenha em mãos as informações prévias sobre o problema, uma lousa e post its;

4. Coloque todos à vontade. Explique e caracterize bem o problema e a importância do mesmo para o negócio. Lembre aos presentes a visão e a missão da fazenda, procurando alinhá-los com o propósito do negócio. Tenha certeza que eles entenderam a sua mensagem pedindo que eles repitam, nas palavras deles, o que você acabou de falar;

Como reduzir o desperdício na fazenda produtora de leite? (continuação)

Como reduzir o desperdício na fazenda produtora de leite?5. Procure identificar as causas do problema. Isto é feito perguntando “Por que?” várias vezes. Por exemplo: Por que o José está muito ocupado? Resposta: Porque ele faz a ordenha, trata os bezerros e coloca comida para as vacas. Por que ele tem de tratar os bezerros? Resposta: Porque não tem ninguém treinado para realizar esta tarefa. A causa raiz do problema de pessoas muito ocupadas na fazenda seria, portanto, a falta de um programa de treinamento estruturado;

6. Agora, peça que eles deem sugestões para solucionar o problema. Não avalie ou critique nenhuma sugestão. Anote as sugestões nos post its e fixe-os na lousa;

7. Naturalmente a solução escolhida para solucionar o problema recairá numa ação lógica como, por exemplo, treinar o empregado que está com menor ocupação do tempo;

8. Faça, então, um plano de ação a partir desta solução. O plano deve prever as tarefas de treinamento do empregado;

9. O treinamento deve ser sempre realizado no local de trabalho da pessoa, pondo a mão na massa, ou seja, fazendo junto com o empregado. Todo treinamento deve utilizar vários métodos (visuais, escritos, explicações, práticas). Tenha como meta para o treinamento o desenvolvimento de mestres, ou seja, todos os empregados devem ser capazes de ensinar outras pessoas sobre como fazer as tarefas que eles realizam;

10. Monitore o trabalho do funcionário periodicamente, de preferência diariamente, até que este se torne um mestre;

11. Identifique um indicador que mostre se o trabalho do empregado está sendo feito da maneira certa (utilizando padrões operacionais – vamos escrever sobre isto em outro artigo);

12. Acompanhe e avalie, com disciplina, o indicador;

13. Por fim, celebre o sucesso. Chame todos os envolvidos e mostre os resultados. Um dos fatores mais relacionados com o envolvimento dos funcionários está na celebração das conquistas, não importando o tamanho delas.

Isto que vimos acima chamamos de EVENTO KAIZEN (melhoria contínua). É uma das ferramentas mais poderosas do Sistema MDA de gestão de fazendas produtoras de leite. Recentemente tivemos a oportunidade de realizar vários eventos Kaizen com os produtores da Frísia. Foi uma experiência bastante gratificante.

Por: Paulo Machado/Coordenador da Clínica do Leite – ESALQ/USP – Como reduzir o desperdício na fazenda produtora de leite?

Seja o primeiro a comentar

Os comentários aqui postados são de inteira responsabilidade dos seus autores, não havendo nenhum vínculo de opinião com a redação da Equipe Sertanejo Oficial