Gusttavo Lima
Compartilhar

Gusttavo Lima e Danilo Gentili gravam clipe de “Não paro de beber”

Próximo trabalho de Gusttavo Lima, "Não paro de beber", ganha clipe com participação de Danilo Gentili

Gusttavo Lima e Danilo Gentili gravam clipe de Não paro de beber

Foto: Divulgação

Gusttavo Lima e Danilo Gentili gravam clipe de “Não paro de beber”

A nova aposta de Gusttavo Lima é a músicaNão paro de beber” ( Romim Mata/Jujuba) lançada hoje (09) no canal oficial do cantor. O vídeo clipe foi gravado em três cidades diferentes: Angra dos Reis (RJ), São Paulo (SP) e Goiânia  (GO) e teve a participação do apresentador Danilo Gentili.

Em clima descontraído, Danilo Gentili interpretou o médico que atende Gusttavo Lima. Irreverente como sempre, Danilo deixou o clima com o astral lá pra cima, as gravações aconteceram numa clínica particular na Vila Olimpia (SP).

Devidamente caracterizados como médico e paciente, Gusttavo Lima e Danilo Gentili se saíram bem como atores e não perderam a chance de se divertir.

Em Angra, na praia do Dentista, a maioria das cenas foram gravadas no iate de Gusttavo Lima e no de um amigo, contou com 35 figurantes, dois Jet-skis.

Gusttavo Lima e Danilo Gentili gravam clipe de Não paro de beber

Foto: Divulgação

A modelo Lígia Saporski foi a escolhida para contracenar diretamente com Gusttavo Lima. Além das cenas em alto mar também foram feitas gravações em uma casa no condomínio Porto do Frade.

A parte final aconteceu em Goiânia, onde Gusttavo Lima fez questão de gravar um recadinho dizendo que músico e vídeo tem como foco a diversão, mas na vida real tudo tem de ser feito com muita responsabilidade.

Assista abaixo o clipe de “Não paro de beber” com a participação de Gusttavo Lima e Danilo Gentili

Letra: Não Paro de Beber – Gusttavo Lima

Eu vou morrer, eu vou morrer
Eu vou morrer mas eu não paro de beber
Eu vou morrer, eu vou morrer
Eu vou morrer mas eu não paro de beber

De porre muito louco fui parar no hospital
O médico falou que eu tava muito mal
Disse que se eu continuasse a beber ia morrer

Aí eu decidi que eu ia parar
Que nunca mais uma gota de álcool ia tomar
No primeiro teste na balada
Quando eu vi o amarelinho com gelo
Eu não resisti, bebi

Seja o primeiro a comentar

Os comentários aqui postados são de inteira responsabilidade dos seus autores, não havendo nenhum vínculo de opinião com a redação da Equipe Sertanejo Oficial